Exposição organizada pelo IAM para promoção da conservação conjunta de árvores antigas e de reconhecido valor

Imagem

Dia : 15/03/2022

Para reforçar o conhecimento dos cidadãos sobre as árvores antigas e de reconhecido valor, promovendo junto de todos os sectores da sociedade a conservação dessas árvores, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) organizará a exposição “Saber mais sobre as árvores antigas e de reconhecido valor”, entre os dias 15 de Março e 29 de Maio. É bem-vinda a vossa participação!
 
A exposição estará patente no Centro de Recursos de Educação Cívica, sito no 4.º andar do Edifício de Vendilhões do Iao Hon, com entrada gratuita, entre as 10h00 e as 18h00, de terça-feira a domingo. A exposição abrange a definição de árvores antigas e de reconhecido valor, informações sobre as árvores mais antigas de Macau e a sua protecção legal, a participação do público na conservação das mesmas no dia-a-dia, etc.
 
De acordo com a Lei de Salvaguarda do Património Cultural, “Árvores antigas e de reconhecido valor” são as árvores constantes da Lista de Salvaguarda de Árvores Antigas e de Reconhecido Valor, por terem mais de 100 anos de idade, ou por serem valiosas, de formas invulgares, raras, ou por terem especial significado histórico ou cultural. As árvores antigas e de reconhecido valor, para além das suas funções ecológicas comuns, servem de testemunha do processo histórico de Macau e de componente das paisagens naturais e humanas urbanas. Possuem a memória colectiva da população de Macau, bem como informações sobre a evolução de costumes, culturas, clima e vegetação.
 
O IAM, enquanto entidade técnica no âmbito dos cuidados e preservação de árvores, tem-se dedicado à conservação de árvores antigas e de reconhecido valor, possuidoras de significado histórico, cultural e comemorativo. Em conjunto com os Serviços competentes, como o Instituto Cultural, continuar-se-á a fiscalizar e a proteger estreitamente as árvores constantes da Lista de Salvaguarda de Árvores Antigas e de Reconhecido Valor e também a actualizar atempadamente esta Lista. Ao mesmo tempo, procede-se, periodicamente, à avaliação e conservação da saúde das árvores integradas nesta Lista, em conjunto com especialistas em preservação ecológica e de árvores. De acordo com os registos, existe actualmente em Macau um total de 616 árvores antigas e de reconhecido valor, espalhadas por vários locais de interesse histórico, jardins e parques, templos, cemitérios, povoações antigas, bem como pelas ruas, como árvores de arruamento. Para facilitar a sua identificação pelo público, o IAM já colocou uma placa dedicada a cada árvore antiga e de reconhecido valor e criou uma página electrónica temática sob o tema “Árvores antigas e de reconhecido valor em Macau” - https://nature.iam.gov.mo/OldTreesOnline, permitindo ao público conhecer mais aprofundadamente as árvores antigas de Macau e participar na conservação das árvores antigas, com vista a transmitir às novas gerações a história, a cultura e o valor ecológico dessas árvores valiosas.
 
O IAM espera que, aproveitando a exposição e a página electrónica temática, em particular a secção “Cada árvore tem a sua história”, o público possa dar mais atenção e conhecer melhor as árvores antigas e de reconhecido valor e suas histórias, com vista a promover em conjunto o trabalho de conservação.

Imagem

Imagem