IAM reabre zonas de churrasco do Parque Natural da Taipa Grande e do Parque Natural da Barragem de Hác-Sá só com marcação prévia

Imagem

Dia : 22/10/2020

Após a reabertura da zona de churrasco do Parque da Praia de Hác-Sá, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) teve oportunidade de avaliar o fluxo de pessoas e a situação de utilização da zona, pelo que irá também reabrir, a partir do dia 23 de Outubro, as zonas de churrasco do Parque Natural da Taipa Grande e do Parque Natural da Barragem de Hác-Sá. A partir de hoje (21 de Outubro), todos os interessados poderão efectuar a marcação prévia, através do sistema de inscrição de actividades na página electrónica do IAM, para a utilização de um total de 78 grelhadores nas três zonas de churrasco acima referidas.
 
O IAM irá reabrir, a partir do dia 23 de Outubro, as zonas de churrasco do Parque Natural da Taipa Grande e do Parque Natural da Barragem de Hác-Sá, fornecendo duas sessões de marcação prévia diária para as zonas de churrasco, sendo os horários de utilização das duas sessões das 11h30 às 17h30 e das 18h00 às 23h59, respectivamente.
 
Nesta fase, está disponível um total de 78 grelhadores nas zonas de churrasco do Parque da Praia de Hác-Sá, Parque Natural da Taipa Grande e Parque Natural da Barragem de Hác-Sá. A fim de manter o equilíbrio entre a actual situação epidemiológica e as necessidades dos cidadãos em relação aos estabelecimentos de lazer ao ar livre, os interessados podem, a partir de hoje, efectuar a marcação prévia através do sistema de inscrição de actividades na página electrónica do IAM (http://app.iam.gov.mo/ActivityWeb) para a utilização dos respectivos espaços e equipamentos.
 
Após avaliar a situação de gestão e utilização das instalações, este Instituto decidiu aumentar o número máximo de utilizadores para oito pessoas por cada grelhador para churrasco, a partir de amanhã (22 de Outubro). A par disso, o grelhador pode ser seleccionado pelo próprio utilizar, de acordo com a ordem de chegada. De acordo com as orientações específicas de prevenção da epidemia emitidas pelos Serviços de Saúde, o público deve cumprir rigorosamente os respectivos requisitos ao usar os locais relevantes. Os indivíduos que entrem na zona de churrasco têm de exibir o Código de Saúde de Macau válido do próprio dia, submeter-se à medição de temperatura corporal no local e usar máscara, bem como manter a distância social de pelo menos um metro. É proibida a entrada na zona de churrasco a indivíduos que tenham febre ou sintomas de dificuldade respiratória.
 
O IAM apela aos cidadãos para que cumpram rigorosamente as orientações específicas de prevenção da epidemia e as medidas de prevenção da epidemia para a zona de churrasco, na utilização da respectiva zona, obedecendo também à organização dos trabalhadores no local. O IAM irá continuar a reabrir gradualmente as instalações municipais, de acordo com a situação actual da epidemia.

Imagem