Jardim de S. Francisco

Imagem

Àrea : Macau
Endereço: Avenida da Praia Grande e Rua Nova à Guia, Macau
Horário de funcionamento: Dia inteiro
Telefone: 2833 7676
Tarifa: Gratuita
Transporte : Posto de informação dos Autocarros Públicos
Instalações: instalações de diversão infantil, instalações para manutenção física, sanitário público
Introdução:

O Jardim foi o primeiro jardim de Macau. Tem uma longa história, tendo o Mosteiro de S. Francisco sido construído em 2 de Fevereiro de 1580 pela Ordem de S. Francisco de Assis de Castela, tendo o jardim o nome chinês que significa “Jardim de S. Francisco”. De seguida, a Ordem Franciscana espanhola foi substituída pela Ordem Franciscana portuguesa. Em 1834, e porque o grupo religioso português foi proibido, o antigo governo de Macau recebeu todas as suas propriedades e os seus bens. Em 1861, o mosteiro foi destruído e mudou de sede, tendo sido construído o actual quartel de S. Francisco, e a antiga zona verde passou a ser um jardim aberto. O desenho e supervisão do jardim foram realizados por Matias Soares, e estende-se da presente Estrada da Praia Grande até à Rua Nova à Guia, com um total de três níveis. Antigamente, o jardim estava cercado por muros e grades e fechava à noite. O Jardim de S. Francisco era um local de encontro de pessoas da classe alta, onde vinham para passear, conversar e ver a paisagem marítima. No crepúsculo, podiam ouvir música tocada no palco que antigamente existia.

Em 1870, ao lado do jardim foi construído o Clube Militar de Macau. Esta construção, tem um desenho particular e características próprias, combinando bem com o jardim. O clube ainda existe na Avenida da Praia Grande.

Em 1920, em frente do jardim foram iniciadas obras de aterros onde hoje existem já edifícios bastante altos. Em 1935, o governo de Macau abriu a Rua de Santa Clara, tendo também sido desmontado o palco de música, mantendo-se apenas o jardim, mas com a área reduzida. O pavilhão octangular chinês situado ao fundo do Jardim era antigamente um bar. Actualmente, é uma  pequena biblioteca pública administrada pela Associação Comercial de Macau, uma das bibliotecas mais populares de Macau. À sua volta há uma árvore de cânfora e falsas figueiras sagradas (ficus rumphii), que crescem há várias dezenas de anos, testemunhando o processo de “crescimento” do Jardim de S. Francisco.

O Jardim à Rua Nova à Guia é acessível por escadas em pedra. No Jardim, há uma fonte com três bocais, uma zona de recreio e uma torre redonda que comemora os soldados falecidos na 1ª Guerra Mundial. A torre é actualmente a sede da Associação de Deficientes de Macau.

O Jardim de S. Francisco é o jardim mais antigo de Macau. Apesar de ter uma área pequena, o jardim dispõe de muitas árvores antigas, e três “Rainhas de Árvores”. Uma delas é um pinheiro (Podocarpus) que está situado atrás do pavilhão octangular, a segunda é uma carambola (averrhoa carambola) situada em frente dos sanitários do jardim e a terceira é uma mangueira (mangifera indica) que está situada ao lado do primeiro lance de escadas de pedra perto dos sanitários. Outras árvores antigas incluem o yanmim (dracontomelon duperreanum), a acácia (acacia pycnantha) e acácias rubras (delonix regia). O jardim é uma valiosa zona verde situada no centro da cidade.

Imagem

Imagem

Imagem